Ashley Madison Brasil
Entrevista ao Programa do Jô (1/nov/2013)
Procurando o Ashley Madison? Clique aqui para acessar.Querendo falar com Eduardo Borges? Twitter, Instagram ou Facebook!Para entrevistas: media@ashleymadison.com

Entrevista ao Programa do Jô (1/nov/2013)

Procurando o Ashley Madison? Clique aqui para acessar.

Querendo falar com Eduardo Borges? TwitterInstagram ou Facebook!

Para entrevistas: media@ashleymadison.com

Para acessar o site oficial do AshleyMadison.com, clique aqui!
Cadastre-se já, gratuitamente!

Para acessar o site oficial do AshleyMadison.com, clique aqui!

Cadastre-se já, gratuitamente!

A classe média alta é a que mais sofre com os encontros online. O bairro de Lourdes, na região centro-sul, é o que tem mais usuários cadastrados, enquanto a Savassi concentra as mulheres mais infiéis (45%). Os homens em busca de traição estão, em sua maioria, no Belvedere (84%). No mapa dos 10 bairros mais infiéis estão ainda Centro (2º), Santa Efigênia (4º), Anchieta (6º), Sion (7º), Coração Eucarístico (8º), São Luís (9º) e Gutierrez (10º).

http://noticias.r7.com/minas-gerais/mineiras-ricas-colocam-bh-como-vice-campea-de-traicao-no-pais-04082013

http://epocanegocios.globo.com/Inspiracao/Empresa/noticia/2013/07/ashley-madison-milhoes-para-gastar-ninguem-para-promover-um-site-de-traicao.html

Em minha opinião, o Ashley Madison pode sim provocar um laço afetivo no casal que procura sexo casual. Pra evitar isso, não seria mais prático um infiel procurar uma profissional do sexo? Desse jeito, as chances de se envolver emocionalmente seriam mínimas. Aliás, uma pergunta explosiva: qual a traição que dói mais? O parceiro que pula a cerca e busca a amiga, uma desconhecida ou garota de programa? Sei que muitas vão responder que traição é horrível de qualquer jeito mas eu acho que existem significados diferentes para cada uma dessas. O próprio Eduardo Borges não sabe se perdoaria uma traição. Nem eu. Pra perdoar, é preciso muito amor – e isso, o Ashley Madison não vende.

http://www.maggnificas.com.br/2013/04/na-cama-com-ashley-madison.html#.UhTJ4mRgZX8

Apesar do cadastro gratuito, os homens precisam depositar dinheiro para mandar mensagens às casadas (ou solteiras) que despertaram interesse. Já para as mulheres, tudo pode sair de graça. “A não ser que ela queria ter prioridade em nossa lista. Se quiser ocupar as primeiras posições na busca, cobramos créditos também”, descreve, explicando como funciona a engrenagem que faz o lucro. Segundo pesquisa feita com brasileiros, a paquera virtual termina em motel para 86% dos usuários do site.

http://delas.ig.com.br/amoresexo/2013-04-18/empresario-que-vende-infidelidade-nao-sabe-se-perdoaria-uma-traicao.html

O presidente do site no Brasil, Eduardo Borges, gravou entrevista para o programa Encontro com Fátima e forneceu dados de uma pesquisa sobre infidelidade, tema da atração ontem. De última hora, Fátima Bernardes vetou a entrevista de Eduardo e qualquer menção ao site no programa.

A Globo informa que o site ficou de fora do Encontro com Fátima porque não houve espaço no programa.

Por Lauro Jardim

http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/files/2012/06/fatimabernardes3-295x300.jpg

Imagine um site que ofereça a facilidade de se conseguir uma “pulada de cerca” de forma rápida e discreta. Pois é exatamente isso que propõe ASHLEY MADISON, um nome capaz de tirar do sério e enfurecer desde líderes religiosos, senhoras católicas, conservadores e defensores dos bons costumes e da união familiar. Polêmico e controverso, mas com milhões de adeptos em vários países do mundo, o site ousa proporcionar aos seus usuários relacionamentos casuais e fora do casamento, sendo acusado por muitos de promover a traição. Polêmicas a parte, milhões de pessoas compartilham da mesma ideia, transformando ASHLEY MADISON em um verdadeiro fenômeno liberal e adúltero.

http://mundodasmarcas.blogspot.com.br/2012/10/ashley-madison.html

A imagem do ditador foi colocada no aeroporto de Los Angeles, nos EUA, com os seguintes dizeres: “Amantes Garantidos. Mesmo se você se parecer com ele”.  O produto “Amantes Garantidos” deve ser lançado no Brasil nos próximos meses, com alguma campanha também polêmica, linha de comunicação que acompanha a empresa.

Robert Scheidt

O iatista ficou no topo de uma lista do site “Ashley Madison”, especializado em promover encontros extraconjugais, que fez uma pesquisa com 2.700 mulheres. O site pediu que cada participante votasse em três atletas, entre uma lista de 20, com quem teriam um affair. Depois, fez um top 10 com os mais cobiçados para uma “pulada de cerca”.

Record Curitiba: Saiba onde moram os traidores

Wagner Ribeiro

"Pelas suas histórias e declarações, o Wagner Ribeiro sabe como ninguém o quanto pode ser dolorosa e caríssima uma traição mal feita", diz Eduardo Borges, representante do página no Brasil. "Se as pessoas que enfrentaram essa situação tivessem usado nosso site no passado, nada disso teria acontecido", explica.

http://esportes.terra.com.br/futebol/noticias/0„OI5872479-EI1832,00-Site+de+infidelidade+quer+agente+de+Neymar+como+garotopropaganda.html

Site de traição utiliza infidelidade de candidato mexicano para se promover

Através de um trocadilho “Infiel com sua família. Fiel e comprometido com seu país”, em referência aos slogans eleitorais do político, o site Ashley Madison usou a imagem do candidato em um cartaz publicitário para exemplificar uma infidelidade mal-sucedida, ou seja, descoberta.

http://virgula.uol.com.br/ver/noticia/lifestyle/2012/06/07/301900-site-de-traicao-utiliza-infidelidade-de-candidato-mexicano-para-se-promover